Dividindo conhecimento

Como mapa de pokemons pode ajudar a ensinar crianças sobre localização

Vamos confessar: você também estava curioso para saber como seria esse tal de Pokémon Go (lançado hoje no Brasil – 4 de agosto).

Eu ainda mal comecei a capturar pokemons, mas confesso que achei bem criativo e tenho que aplaudir o criador (ou criadores) do jogo.

Não é para menos, pois o aplicativo valorizou as ações da Nintendo em 36%!

Se você não sabe do que estou falando, vou contextualizar…

O Pokémon Go é um jogo (disponível para os sistemas Android e IOS) lançado pela Nintendo no início de julho na Austrália, Estados Unidos e Nova Zelândia.

Basicamente, o jogador cria um avatar (personagem) e, por meio de geolocalização (o GPS do smartphone precisa estar ativo), consegue “descobrir” onde estão os pokemons.

Se um deles estiver por perto, o jogador aponta a câmera em sua direção e tenta capturá-lo com a pokebola. Neste momento, é usada a tecnologia de realidade aumentada para dar a impressão que o pokémon está no local.

pokemon-go-sala

Um pokemón na sala!

 

Críticas a parte, não podemos negar que a Nintendo inovou e está merecendo todo este sucesso do jogo.

E, como sempre digo, muitas vezes, o problema não é jogo/aplicativo/programa, mas sim os jogadores/usuários.

Uma coisa é você se divertir capturando pokemons por onde passa, outra é deixar de fazer suas obrigações para ficar correndo atrás de pokemóns!

Já existem até casos de pessoas que foram atropeladas ao tentarem capturar pokémons. Aí já é demais, não é?!

 

O mapa de pokemons e o senso de localização e deslocamento

Mas e por quê estou escrevendo sobre isso, se o Teorema das Ideias tem a intenção de falar de matemática e suas relações?

Muito fácil responder: porque o mapa de pokemons tem tudo a ver com o tema localização e deslocamento, tópico geralmente abordado na disciplina de matemática no primeiro ciclo do Ensino Fundamental (3º ano, antiga 4ª série).

É claro que usamos localização o tempo todo em nossas vidas (não só no 3º ano), quando vamos explicar algum endereço, ou mesmo quando tentamos entender um trajeto no mapa do GPS.

Por isso, desenvolver bem o senso de localização e deslocamento é extremante importante, tanto para situações mais rotineiras, como para outras mais específicas e profissionais (como para um programador, por exemplo).

Então, como podemos ajudar nossos filhos e alunos de forma lúdica com o mapa de pokemons?

Vamos a um exemplo da tela do meu próprio smatphone!

mapa-de-pokemons

No mapa podemos ver o meu avatar (onde estou localizada) e um cubo azul mais a frente, onde há um pokemón.

Então, uma pergunta que pode ser feita é: “qual caminho devo percorrer para capturar este pokémon?”

Uma possível resposta: “caminhar duas quadras para frente, virar à direita e caminhar mais uma quadra (e um pouquinho).”

Aos poucos pode-se incentivar uma criança a incluir outros conceitos mais elaborados na resposta, como ângulos e sentido: “caminhar duas quadras para frente, girar 90° no sentido horário e caminhar mais uma quadra.”

Pode parecer uma pergunta e resposta bobas, mas conheço muitos adultos por aí que até hoje confundem direita e esquerda (se você se identificou não se ofenda, rs).

Por isso é tão importante incentivar as crianças a descreverem de forma eficiente sua localização e deslocamento de um ponto a outro, desde cedo.

Conteúdos mais elaborados ensinados posteriormente, como aqueles relacionados à geometria (ângulos, posição relativa entre retas) e à física (como vetores que possuem sentido e direção) serão muito mais fáceis de compreender e lidar se a base deste conceito for abordada de forma efetiva.

Então vamos encontrar os pokemons e determinar qual caminho seguir para capturá-los, de uma forma lúdica e divertida de aprender!

Gostou deste artigo? Então não esqueça de se inscrever abaixo para receber atualizações e conteúdos exclusivos.

MANTENHA-SE ATUALIZADO

 

Insira seu e-mail e receba as atualizações do blog!

Você foi se inscreveu com sucesso!

Post anterior Próximo post

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um Comentário